Matéria sobre o transporte coletivo urbano recebe novo pedido de vistas na reunião ordinária da Câmara

por Marilva Keesen Greco última modificação 24/09/2018 13h23
A reunião ordinária da Câmara Municipal aconteceu nesta segunda-feira, 3 de setembro. Em pauta foram colocados sete projetos de lei, entre eles o que trata sobre a licitação do transporte coletivo urbano.

 A sessão foi aberta pelo presidente da Casa, vereador Marcão, que colocou em discussão o Projeto de Lei N° 64/2018 de autoria do vereador Marcílio Magela de Souza que revoga a Lei n° 4.868, de 6 de novembro de 2008, que denomina próprio público, ou seja que denomina o hall do 3º andar com o nome de Francisco Júnior. A revogação foi uma determinação do Ministério Público, pois na época da homenagem o ex-vereador e presidente da Câmara Chiquinho do Gás estava vivo. Após a morte dele em março deste ano, Marcílio entrou com as proposição 64 e em seguida com o Projeto de Lei N° 65/2018  que denomina vereador Francisco Júnior (Chiquinho do Gás) o hall de entrada da sede do Legislativo, sendo ambos aprovados.

Em seguida, foram discutidos o Projeto de Lei N° 66/2018, autorizando a abertura de crédito especial para arcar com as despesas decorrentes da implantação de um posto dos Correios no distrito de Carioca; o Projeto de Lei N° 112/2018 , que autoriza a ceder dois auxiliares de serviços gerais do município para trabalhar no quartel da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar, também foi aprovado em plenário.o Projeto de Lei N° 109/2018 que denomina Jorge Luiz Soares a rua B, entre a rua Emerson Batista Espíndola Pereira, no bairro Ninho das Águias; o Projeto de Lei N° 111/2018  que denomina Olga de Assis Souza o Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI), situado na praça Presidente Castelo Branco, 95, bairro Santos Dumont, os primeiros projetos de autoria do Executivo Municipal e as duas outras proposições de autoria do vereador Antônio Carlos dos Santos, sendo todos aprovados.

Projeto de Lei N° 51/2018 de autoria do Executivo Municipal, que dispõe sobre as diretrizes para prestação de serviço publico de transporte coletivo de passageiros no município de Para de Minas recebeu até o momento 18 emendas e teve mais um pedido vista pela Comissão de Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente.

Ainda foram votados e aprovados 60 requerimentos. A próxima sessão ordinária acontecerá na segunda-feira, 10 de setembro, a partir das 18 horas. A população está convidada a acompanhar.

Veja mais fotos aqui

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Pará de Minas